Putin chama ataque ucraniano a Belgorod de terrorismo

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira que a série de ataques de mísseis ucranianos à cidade russa de Belgorod, na fronteira, que matou 20 pessoas e feriu 111, foi “um ato terrorista” que não ficará impune. Ele prometeu mais ataques a alvos ucranianos.

Em reunião com militares em um hospital em Moscou, Putin afirmou que os ataques, que ocorreram em meio a intensificados bombardeios aéreos russos contra cidades ucranianas de Kiev e Kharkiv, “não ficarão impunes”.

Ele disse que a Rússia continuará atacando alvos militares “sensíveis” na Ucrânia. A Rússia nega as acusações ocidentais e ucranianas de que atinge infraestrutura civil.

Em conversa abrangente com os militares, Putin afirmou que o curso da guerra na Ucrânia está mudando a favor da Rússia, e que Moscou espera encerrar a guerra, mas apenas em seus próprios termos.

O tradicional discurso de Ano Novo de Putin, feito nesse domingo (31), fez apenas uma referência rápida à guerra na Ucrânia, um nítido contraste com o discurso do ano passado.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Fonte: Agência Brasil
© Todos os Direitos Reservados