UE apoia candidatura de adesão da Ucrânia

UE apoia candidatura de adesão da Ucrânia

A União Europeia deu sua bênção nesta sexta-feira (17) à Ucrânia para se tornar uma candidata oficial a se juntar ao bloco, juntamente com sua vizinha Moldávia, uma mudança histórica para o leste da Europa provocada pela invasão russa da Ucrânia. A Ucrânia solicitou a adesão à UE apenas quatro dias após as tropas russas cruzarem sua fronteira em fevereiro. Quatro dias depois, o mesmo aconteceu com a Moldávia e a Geórgia – dois outros Estados ex-soviéticos que lutam contra regiões separatistas ocupadas por tropas russas. “A Ucrânia demonstrou claramente a aspiração do país e a determinação do país de

Leia Mais...

Rússia devolve corpos de 210 soldados ucranianos para Kiev

Rússia devolve corpos de 210 soldados ucranianos para Kiev

A Rússia entregou a Kiev os corpos de 210 soldados ucranianos, cuja maioria morreu defendendo a cidade de Mariupol das forças russas em uma siderúrgica, afirmaram os militares ucranianos nesta terça-feira. Os ucranianos ficaram presos na siderúrgica de Azovstal por semanas, enquanto a Rússia tentava tomar a cidade. Os soldados ucranianos acabaram se rendendo mês passado e foram levados sob custódia da Rússia. “O processo de devolução dos corpos dos soldados mortos em Mariupol está em andamento. Até agora, 210 dos nossos soldados foram devolvidos – a maioria é de defensores heróicos de Azovstal”, afirmou a diretoria de inteligência de

Leia Mais...

Zelenskiy diz que Reino Unido fornece a Kiev as armas que precisa

Zelenskiy diz que Reino Unido fornece a Kiev as armas que precisa

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, disse nesta segunda-feira (6) que o Reino Unido está fornecendo as armas que Kiev precisa para combater na guerra com a Rússia e agradeceu ao primeiro-ministro Boris Johnson pela compreensão “completa” das necessidades. O Reino Unido disse na segunda-feira que, em coordenação com os Estados Unidos, fornecerá à Ucrânia sistemas de foguetes de lançamento múltiplo que podem atingir alvos a até 80 quilômetros de distância como parte de uma nova ajuda militar do Reino Unido a Kiev. “Sou grato ao primeiro-ministro Boris Johnson pela compreensão completa de nossas demandas e prontidão para fornecer à Ucrânia

Leia Mais...